Saúde Bucal.net

Você já deu sua escovadinha hoje?

  • Promovendo Saúde…

    Este espaço foi criado para promover a saúde bucal... num país de desdentados... quero com este espaço poder levar diversas informações sobre saúde , escovação, alimentação, sorrisos saudáveis com uma linguagem dinâmica e clara ... Obrigada pela sua visita e espero que seja de algum modo útil pra você! Volte sempre!
  • Dias sorridentes…

    julho 2017
    S T Q Q S S D
    « maio    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Visitantes

    • 288,223 sorrisos saudáveis
  • Créditos

Archive for the ‘Dentes e cia’ Category

Game educativo

Posted by Drª Danny em maio 6, 2007

Quer incentivar seus filhos a escovarem os dentes?

Salve seus Dentinhos do ataque das Cáries… é só clicar na foto e jogar com seus filhos…

joguinho dos dentes

Posted in curiosidades, Dentes e cia | Comentários desativados em Game educativo

Falando em nutrição

Posted by Drª Danny em abril 30, 2007

Os alimentos que ingerimos têm importantes funções na formação dos dentes e em sua manutenção, portanto leiam esta reportagem que nos fala como nos alimentar adequadamente, ajudando a ter para ter dentes saudáveis, uma dieta equilibrada e mais qualidade de vida.

borboletandominipix-edit-purple-1O que é uma nutrição adequada?

É a ingestão de uma dieta equilibrada para que seu corpo possa assimilar os nutrientes necessários para uma boa saúde.

A cada dia, o corpo humano se renova, isto é, renova seus músculos, sua matéria óssea, sua pele e seu sangue. As substâncias que você ingere são a base para a formação destes novos tecidos. Se sua dieta contiver poucos nutrientes essenciais ao corpo, sua boca estará mais vulnerável a infecções. Quando uma criança não se alimenta corretamente, seus dentes podem não se desenvolver de maneira adequada.

Para ter dentes fortes e resistentes à formação de cáries, a criança precisa de uma dieta rica em cálcio, fósforo e flúor.

borboletandominipix-edit-purple-1Quais são os diferentes tipos de nutrientes?
Uma boa alimentação deve conter os seguintes nutrientes:

* Carboidratos;

* Ácidos graxos essenciais (contidos em produtos gordurosos);

* Aminoácidos (encontrados nas proteínas);

* Quinze vitaminas;

* Cerca de vinte e cinco minerais;

* Água

Como o nosso corpo não pode fabricar todos nutrientes de que precisamos, principalmente certas vitaminas, precisamos obtê-los dos alimentos e suplementos alimentares que ingerimos. O Ministério da Agricultura Americana recomenda à população em geral a ingerir diariamente:

* 6 a 11 porções de pão e cereais;

* 3 a 5 porções de verduras;

* 2 a 4 porções de frutas;

* 2 a 3 porções de produtos derivados do leite;

* 2 a 3 porções de carne, aves, peixe, ovos, feijão ou nozes.

borboletandominipix-edit-purple-1Por que é importante ter uma alimentação correta?
Uma alimentação incorreta pode causar gengivite e cáries. Os alimentos que têm elevado teor de carboidratos, açúcares e amidos contribuem muito para a produção dos ácidos que formam a placa bacteriana que ataca o esmalte dos dentes. Com o passar do tempo, esses ácidos destroem o esmalte, formando a cárie.

Caso tenha que ingerir produtos com muito açúcar ou amido, consuma-os durante as refeições e não entre refeições. Evite alimentos que grudem nos dentes, pois eles podem aumentar a formação da placa bacteriana. A maior parte dos alimentos já tem ingredientes que produzem ácidos. Por isso, quanto menos você expuser seus dentes a esses ingredientes menor força terão os ácidos da placa bacteriana de atacarem o esmalte. Um aspecto positivo é o fato da produção de saliva aumentar durante as refeições, removendo os detritos alimentares da boca.

Fonte de pesquisa: Fornecido pela Colgate-Palmolive.

Copyright 2007 Colgate-Palmolive. Todos os direitos reservados.

Posted in Dentes e cia | Comentários desativados em Falando em nutrição

10 dicas para escolher seu Dentista

Posted by Drª Danny em fevereiro 20, 2007

290435

1-Na primeira visita ao dentista, observe com atenção desde a sala de recepção até o interior do consultório.
Fique atenta(o) aos aspectos relacionados à limpeza do ambiente; à esterilização do material; e ao uso de gorro, luvas, máscara e agulhas descartáveis. Muitas doenças podem ser transmitidas no consultório.

2- Ao passar pela primeira consulta, não se acanhe e peça todas as explicações sobre o tratamento que vai ser realizado em sua boca. É nessa hora que você vai sentir se o profissional é competente ou não. Se não se sentir segura(o), procure outro dentista.

3- Verifique se, no decorrer do tratamento, o profissional ensina como cuidar dos dentes para prevenir futuros problemas. Essa qualidade demonstra que ele se preocupa com a saúde bucal de seus pacientes e não está interessado apenas em ganhar dinheiro.

4- Repare na maneira como o dentista trata seus pacientes, funcionários e, também, na atenção que dispensa`as suas dúvidas. Se ele trata a todos com gentileza, é sinal que fará o mesmo com você.

5- O tempo de formado do profissional não é de vital importância, mas também conta pontos. Afinal, um resultado perfeito do tratamento é o que realmente importa.

6- Não procure um dentista priorizando apenas o lado financeiro.Quando o preço for muito alto, peça descontos e, se for muito baixo, desconfie.

7- Para que sua escolha seja definitiva e segura , deve-se consultar diferentes profissionais a fim de se obter diferenciados orçamentos, que podem ser cobrados ou não.

8- Fique atento(a) para não se deixar levar por propagandas enganosas. Afinal, publicidade não significa competência. O que deve ser levado em consideração é o currículo do profissional e os resultados do seu trabalho. Um bom dentista deve estar bem atualizado e freqüentar congressos para se especializar cada vez mais.

9- Observe a quantidade de tempo que o profissional reserva para cada paciente, e se, entre as consultas é feita uma correta limpeza do consultório.

10- Faça uma análise logo na primeira consulta se houve a preocupação do profissional quanto ao seu problema , ou simplesmente, se o profissional se restringiu a fazer o orçamento.

Posted in curiosidades, Dentes e cia | 12 Comments »

Verdades e mentiras sobre clareamento dentário…

Posted by Drª Danny em abril 12, 2006

São muitos os mitos que giram em torno do clareamento dos dentes. Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário esperar que os dentes estejam manchados ou escuros demais para optar por um tratamento de clareamento. “O clareamento é recomendado para todo paciente insatisfeito com a cor de seus dentes.”, explica o Dr. José Carlos Garófalo, cirurgião dentista e sócio da Garófalo Associados Odontologia.

Eficácia – Existem vários tipos de tratamento para clarear os dentes, porém, em alguns casos, as manchas podem ser removidas somente com profilaxia. De qualquer maneira, a alteração da cor do dente só se consegue com clareamento.

Não existem tratamentos mais ou menos eficazes. Na verdade todos os tipos de clareamento seguem o mesmo princípio: a ação de um gel (peróxido de hidrogênio ou carbamida) em diferentes concentrações, que libera oxigênio, e este altera a cor do dente.

Método – O gel não é abrasivo nem enfraquece os dentes. Quanto maior a sua concentração, mais rápido pode ser o clareamento. Concentrações acima de 20% só podem ser feitas em consultório. O gel nessas concentrações queima as mucosas e necessita cuidados especiais.

Existe também o clareamento caseiro feito com gel de 3,5 a 20% e moldeiras de silicone. Para apresentar resultados, o tratamento caseiro demora 15 dias e o uso do gel e da moldeira varia de 1 a 6 horas por dia. Os tratamentos feitos em consultório exigem pelo menos 2 sessões de cerca de 1h30 a 2 horas e o gel é ativado por uma fonte de luz (LED, Laser ou associação dos dois).

Não existe tratamento em sessão única. É só estratégia de marketing.
Resultado – O resultado é subjetivo. Cada paciente responde ao tratamento de forma diferente. Não é possível prever ou afirmar quantos tons o dente vai clarear. Depende da resposta biológica de cada um. O efeito do tratamento dura de 2 a 3 anos. Na literatura, 43% dos casos ficam estáveis por mais de 5 anos.

Alimentação – Recomenda-se evitar alimentos pigmentados durante o tratamento. No tratamento caseiro é melhor esperar pelo menos duas horas de intervalo para ingerir alimentos como café e refrigerante, por exemplo, para dar tempo de o dente hidratar.

Preço – Um tratamento caseiro custa de R$500,00 a R$1000,00. Em consultório o preço varia de R$1200,00 a R$2500,00. O preço varia de acordo com o local e nível do consultório além do aparelho utilizado para ativação dos géis. Esses aparelhos variam de R$1000,00 a US$14 mil.

Câncer – O maior de todos os mitos é o fato dos peróxidos serem potencializadores de tumores. Na verdade são, porém em concentração acima de 50%. Utilizamos 35% e sem contato nenhum com tecidos moles ou mucosas. Não há relatos de problemas sistêmicos associados a tratamentos clareadores.

Saúde News Journal
Copy anda paste do: Medcenter.com – Odontologia

O link está na sidebar do blog.

Posted in Dentes e cia | 215 Comments »

Ausência dentária

Posted by Drª Danny em março 22, 2006

 

Falta de dentes aumenta chances de morte por câncer, infarto e derrames cerebrais?

A chance de uma pessoa morrer vítima de câncer gastrointestinal, doença cardíaca ou acidente vascular cerebral (derrame) é maior entre os que já perderam um ou mais dentes, afirmam pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer nos Estados Unidos.

Após estudar uma amostra significativa da população asiática, os pesquisadores observaram que pessoas cuja dentição fora comprometida pela perda de dentes sofriam mais com cânceres e outras causas de morte que o restante do grupo.

Em artigo publicado no último número do International Journal of Epidemiology, os autores acrescentam que a descoberta não ficou restrita aos fumantes, como esperavam alguns cientistas, mas se estenderam a toda população estudada.

Fonte: International Journal of Epidemiology 2005 34(2):467-474

Posted in Dentes e cia | 2 Comments »